Album 6 – 1967 – Lado B

Standard

E aqui nesse Lado B de 1967 poderemos saudar o Rei Richard Petty com o início da sua sequencia de vitórias. Veja como ele humilhou na Nascar 1967.

E boas vibrações vinham da praia. The Beach Boys finalmente apresentavam Smiley Smile, um álbum cheio de historinhas para sair.

Até Van Morrison estava lá estreando com o ótimo Blowin’ Your Mind! e na mesma proporção com uma capa de dar medo. Saiba o que ele achou do álbum e relembre Brown Eyed Girl.

Naquela época Jefferson Airplane não sabia que tantas mutações na sua vida ocorreriam. Cássio Machado e Ricardo Bunnyman tiveram suas mentes explodidas quando FabioCa Ramiro apresentou a árvore genealógica dos caras.

Assim como Jefferson Airplane, The Byrds planavam pelas ondas do rádio apresentando o Younger Than Yesterday. Será que eles estão mais jovens do que ontem ainda?

A verdade é que jovens e senhores eram altamente combativo em Le Mans 1967 onde A J Foyt e Dan Gurney mostraram que seu ano estava on fire. Você sabia que já tinha carro elétrico correndo naquele ano? Sabia que o ato de agitar o champagne começou nessa corrida? Ouça e descubra!

Há quem diga que Scott McKenzie é um cantor que toca em rádios easy listening mas aqui você chegará a conclusão que ele foi uma peça chave no Summer Of Love em San Francisco, cidade que abrigou esse evento que mudou o mundo e o pai da Norah Jones também estava presente.

Realmente os anos 60 tinham uma fixação pelo ar. Peter, Paul & Mary nos agraciava com Leaving On A Jet Plane do Album 1700 enquanto Frank Zappa e o Mothers of Invention bagunçava as mentes com um som peculiar.

E o Brasil teve um booooom na exportação da sua música. Além do movimento tropicalista rolando entre balas e cassetetes, a bossa nova ganhava o mundo. Som que a obscura cantora inglesa Sandie Shaw pode nos presenciar no seu album Love Please Love Me com a versão de Samba de Uma Nota Só.

E não para por aí. o ilustríssimo Tom Jobim se encontrava com seu brother Frank ‘Blue Eyes’ Sinatra e lhe apresentava entre outras coisas a beleza da Girl From Ipanema.

Nos adicione no seu agregador de podcasts pelo feed: http://feeds/feedburner.com/AutoradioPodcast

Powered by Wisdomtech

http://www.wisdomtech.com.br

Confira também a nossa lista do Spotfy com tudo que já rolou no AutoRadio.

EPISÓDIO 6 – 1967 – Lado A

Standard

Antes do Daniel Azulay! Antes do homem pisar na Lua! Antes do Richard Branson inventar de criar o disco voador! Lá estavam nosso ídolos rasgando as retas dos maiores autódromos e queimando instrumentos musicais!

1967! Um ano de grandes corridas e grandes canções!!!

Muita gente nasceu em 1967 assim como alguns já não estão mais com a gente mas deixaram muito do seu talento marcado na história.

Conheça Danny Hulme, o cara que suplantou o lendário Jim Clark e ainda colocou volta em Graham Hill numa temporada curta onde cada ponto era crucial para a conquista do título da Formula 1.

Nessa primeira de três partes sobre 1967, relembraremos o nascimento de grandes nomes como Pink Floyd que lançava The Piper At The Gates Down e Jimi Hendrix que mandava Fire na guitarra também debutando.

Os Yardbirds eram um ninho de grandes mestres da guitarra e aqui conferimos já um quarto álbum dos caras ao mesmo tempo que Velvet Underground e The Doors davam seus primeiros passos.

Nos adicione no seu agregador de podcasts pelo feed: http://feeds/feedburner.com/AutoradioPodcast

Powered by Wisdomtech

http://www.wisdomtech.com.br

Confira também a nossa lista do Spotfy com tudo que já rolou no AutoRadio.

Under The Covers – I Heard It Through The Grapevine

Standard

Você costuma ouvir a conversa dos outros através da videira?

Uma canção escrita por Norman Whitfield e Barrett Strong para a Motown Records em 1966. A primeira gravação da canção a ser lançada foi produzida por Whitfield para Gladys Knight & Pips e lançada como single em setembro 1967.

Além de ser lançado várias vezes por artistas da Motown, a música foi gravada por uma gama de músicos, incluindo Creedence Clearwater Revival, que fez uma interpretação de onze minutos para seu álbum de 1970, Cosmo’s Factory. Mantendo o formato que Marvin Gaye havia dado à música.