ALBUM 7 – 1956 – LADO B

Standard

Viramos o bolachão e aqui está o Lado B de 1956!

Nessa outra face, continuamos com nosso convidado Wellington Leal e temos o alternativo FabioCa Ramiro com toda sua classe nos levando ao mundo encantado de Le Mans! E chuveu lá também!

Veja como foi a vitória do vencedor (sem spoilers aqui né? apenas 61 anos se passaram) e fazemos mais algumas comparações com anos mais jovens.

Na Indy 500 também choveu! Saiba quem dominou a edição de 1956 e o que foi o Cagle’s Miracle!

No campo da música, diversos encantos surgiam. Aqui você vai conferir os primórdios de: Chuck (Fuckin’) Berry, Little (O Chato) Richard, Gene (O BeBop) Vincent, Joe (Pai postiço da Whoopi Goldberg) Turner, Johnny (The Man In Black) Cash, Frank (Blue Eyes) Sinatra, Eddie (O Surfista) Cochran e Bill Halley e Seus Cometas Adestrados.

Nos adicione no seu agregador de podcasts pelo feed: http://feeds/feedburner.com/AutoradioPodcast

Powered by Wisdomtech

http://www.wisdomtech.com.br

Confira também a nossa lista do Spotfy com tudo que já rolou no AutoRadio.

ALBUM 7 – 1956 – LADO A

Standard

Em um tempo muito muito distante, onde agulhas passeavam entre sulcos negros nos objetos circulares que chamávamos simplesmente de discos.

Nessa edição temos Wellington Leal que esteve meses atrás no nosso episódio de 1975 agora chega em 1956 também nos ajudando a ilustrar um pouco do que era aquele tempo, como alguns sons influenciaram o nascimento e desenvolvimento do rock e como era o automobilismo naquela época.

É fato que a Formula 1 estava também nos seus primórdios e aqui falamos como Juan Manuel Fangio era um cara diferenciado vencendo tanta corrida que a gente até se perdeu nas contas.

Não diferente do automobilismo, o Rock estava criando sua cara. Fato esse é que o Rei Elvis Presley surgia requebrando sua pelvis e irritando os pais mais tradicionais. Além disso, a capa do seu primeiro álbum foi inspiração para muitos como The Clash

Clarence “The Frogman” Henry ‘coachava’ que não tinha casa, não tinha teto e não tinha nada e mesmo assim fez um baita sucesso.

Um dos mitos do rock também entrava na parada: Fats Domino era o cara que influenciou muita gente e só deu alegrias para New Orleans.

Já em uma vertente um pouco diferente, The Platters aparecem com a ótima The Great Pretender. Descubra porque é difícil até hoje saber a formação da banda.

Os Estados Unidos realmente foi um berço para grandes astros do rock e no automobilismo não foi diferente. A Nascar também era literalmente bem roots. Um espetáculo de simplicidade da época que encantaria a todos por muitas décadas. Conheça aqui como ela foi inspirada em ‘dar fuga dos hôme’ e a história da peça pesada no mercado de peixes!

Eu duvido que alguém não conheça Delilah Jones das 3 irmãs McGuire Sisters. Não dá para ligar o nome às pessoas? Confira nesse Lado A.

Chain Gang é uma grande música inspirada na escravidão. Bobby Scott pode ter inspirado um certo cantor australiano que morrou no Sumarezinho em SP nos anos 80…

Frankie Lymon… A prova que grandes talentos podem cair por bobagem. Relembre um grande hit desse garoto, maroto e travesso com sua banda The Teenagers.

Harry Belafonte… esse cara é f…ora de série

 

Nos adicione no seu agregador de podcasts pelo feed: http://feeds/feedburner.com/AutoradioPodcast

Powered by Wisdomtech

http://www.wisdomtech.com.br

Confira também a nossa lista do Spotfy com tudo que já rolou no AutoRadio.